Conheça o Projeto

O que é o movimento SOS.RO?

É uma campanha para doação de cestas básicas, produtos de higiene pessoal e proteção contra disseminação do coronavírus (máscaras caseiras), idealizada pelos membros do AMERON, AMPRO, AMDEPRO e TCE, com o apoio de diferentes grupos da sociedade e servidores públicos que, sensibilizados pela escassez de recursos da população mais carente, em razão das consequências advindas pela necessidade de isolamento social decorrente da pandemia ocasionada pelo Covid-19, almejam estabelecer ações céleres e efetivas de ajuda humanitária àqueles que dela necessitarem.

O isolamento social, medida defendida por diversos especialistas e adotada em grande parte do mundo para conter o avanço do novo coronavírus, reduziu a drasticamente a atividade econômica em todo o país.

Neste cenário, para além das consequências do contágio, as populações socialmente mais vulneráveis economicamente também começam a ser atingidas por privações de suas necessidades mais básicas e milhares de famílias não conseguem mais garantir o alimento de cada dia.

Como será a ação?

Você doa, os parceiros da ação compram dos fornecedores, as famílias são identificadas, é feita a separação e embalagem dos kits (cesta básica, produtos de higiene pessoal e de proteção – máscaras caseiras) e então é realizada a distribuição às famílias selecionadas.

Identificação e responsabilidades dos parceiros?

  • Arrecadação, pagamentos e prestação de contas (AMERON)
  • Identificação das famílias (AMDEPRO e AMPRO)
  • Aquisições (TCE-RO)
  • Recebimento, triagem e separação (SESC-RO e AMPRO)
  • Distribuição (AMPRO e TCE-RO)
  • Sistema de gerenciamento (SIRRUS)
  • Monitoramento (Auditores de Controle Externo – SINDCONTROLE).

Critérios para seleção das famílias?

O processo de seleção das famílias será auxiliado pelas entidades filantrópicas que já atuam na região de distribuição dos kits observando os seguintes critérios:

  • Preferencialmente as que não recebem outros benefícios, auxílios ou participam de programas de transferência de renda;
  • Famílias que não estão inseridas em programas de transferência de renda e que cujo(s) provedor(es) atuava(m) no mercado informal antes da pandemia;
  • Famílias onde o(s) provedor(es) perdeu(ram) o emprego durante a pandemia e que não tenha(m) direito ao seguro desemprego;
  • Famílias com gestantes, nutrizes (mães que amamentam), crianças e adolescentes de 0 a 17 anos e que sofreram diminuição brusca de renda devido ao trabalho informal ou autônomo,
  • afetados pela pandemia;
  • Famílias onde um de seus membros necessitam de atenção especial em função de alguma patologia e sofreram diminuição abrupta da renda;
  • Famílias que estão em situação de risco social e/ou com seus direitos violados, preferencialmente se houver agravo na situação de violência em decorrência da pandemia.

Como ter certeza que minha doação chegou às pessoas que necessitam?

  • Todo o processo de arrecadação, aquisição, recebimento, triagem e embalagens dos kits serão realizados pelas entidades parceiras e monitorado pelos auditores do Tribunal de Contas do Estado.
  • Além disso, todas as informações de arrecadação e distribuição serão disponibilizadas no portal (sosrondonia.tcero.tc.br).